Estamos a chegar a uma época em que os concepts começam a andar pelas estradas, sejam eles elétricos ou não. Desde de startups que querem irritar a Tesla no mercado elétrico ou carros de 1.900 cavalos de potência!

Aston Martin DBX

Recentemente testado em florestas galesas, o DBX deve ser o primeiro SUV da Aston Martin.

Espera-se ser revelado no final de 2019 e o DBX irá concorrer contra o Bentley Bentayga, o Lamborghini Urus, o Rolls-Royce Cullinan e o chamado ‘Ferrari Utility Vehicle’ que deverá ser lançado em 2022. O Aston Martin provavelmente terá um V8 de 4,0 litros AMG e há rumores sobre um V12 e opções híbridas também.

Aston Martin Rapide E

Não é um carro de produção em massa como tal, o Rapide E é o primeiro carro totalmente elétrico da marca inglesa , mas apenas 155 exemplares serão construídos.

Podemos esperar que ele seja lançado em 2019 com uma modesta bateria de 65 kWh, com o equivalente a 600 cavalos de potência nas rodas traseiras. O carro atingirá as 60 mph em menos de quatro segundos e poderá ter um velocidade máxima de 200mph.

Aston Martin Valkyrie

Este será o próximo hypercar da Aston. Um carro que já entusiasmou o designer Red Bull F1, Adrian Newey e é alimentado por um V12 de 1.100 cavalos com assistência de um sistema híbrido.

Serão feitos apenas 150 modelos e poderão custar entre os 2 a 3 milhões de libras.

Audi e-tron 

Já está em produção o primeiro carro totalmente elétrico da Audi que chegará ao mercado este ano. Atinge os 100km/h em menos de seis segundos. Não é um Tesla, mas a marca alemã pode ensinar à americana umas coisas sobre construção interior e produção em massa. 😂😂

O e-tron é também o carro de entrada para a gama de carros totalmente elétricos da Audi.

Automobili Pininfarina Battista 

A lendária italiana Pininfarina agora tem uma empresa automobilística própria, chamada Automobili Pininfarina, e vai começar no topo com um hipercarro elétrico de 1.900 cavalos de potência.

Com um motor em cada roda, o Battista chegará ao mercado em 2020, mas será revelado de forma oficial a 4 de março, antes de sua estreia pública no Salão do Automóvel de Genebra no dia seguinte. 

Atinge os 100km/h em menos de 2 segundos e terá uma autonomia de 500km.

Byton M Byte 

Revelado na CES em janeiro, o M-byte é o primeiro carro vindo da Byton, uma startup chinesa com a ambição de derrubar a Tesla.

O carro que já está em produção da Byton possui um interior ainda mais futurístico do que o conceito revelado um ano antes.

Há um enorme ecrã que abrange toda a largura de 48 polegadas do painel, além de uma tela sensível ao toque de 7 polegadas montada na frente do volante para atuar como um centro de controlo e um terceiro display de 8 polegadas entre os bancos. Podemos controlar o carro através da Alexa, graças a uma parceria com a Amazon.

O carro terá uma autonomia superior a 400km.

Ferrari Monza 

Revelado em 2018, mas entrou em produção este ano, os impressionantes Monza SP1 e Monza SP2 são um par de carros de inspiração retrô marcando a primeira edição da nova gama Icona da Ferrari.

Os nomes dizem o número de bancos que os compradores desejam no seu carro tenha.

Honda Urban EV

A Honda conquistou muitos corações com o adorável Urban EV Concept em 2018 entusiasmou ainda mais o público quando se comprometeu a colocá-lo em produção.

A questão é: será que o carro pronto para produção revelado no Salão do Automóvel de Genebra, em março, ainda se assemelha ao conceito dos anos 70, ou as preocupações com a segurança suavizarão as suas linhas em algo menos característico?

Land Rover Defender 

Muito aguardado por alguns fãs o novo Land Rover Defender é apresentado este ano antes de começar a ser vendido em 2020. Carros de teste já foram vistos perto da sede da JLR em Midlands.

Acredita-se que existam dois modelos em desenvolvimento, com distância entre eixos de 90 e 110 polegadas.

O lançamento está previsto para o outono.

Mercedes EQC

Outra novidade para 2019 será um SUV elétrico da Mercedes, chamado de EQC. Que enfrentará o Jaguar I-Pace, o Audi e-tron e o Tesla Model X, o EQC é o primeiro dos 10 carros totalmente elétricos que vêm da Mercedes entre este ano e 2025.

Os dois motores elétricos do SUV são alimentados por uma bateria de 80kWh e acionam as quatro rodas. Uma potência de 400 cavalos e vai dos 0 aos 62 km/h em 5,1 segundos, mas a velocidade máxima é limitada a 112 km/h. Mercedes afirma que o alcance do EQC é de 400km, o que o coloca atrás do Jaguar e do Tesla.

Mini EV

O primeiro Mini elétrico chegará em 2019 e será construído na fábrica Mini existente em Oxfordshire. Por enquanto terá uma configuração de 3 portas e uma autonomia de 200km, mas espera-se que se tiver sucesso a possibilidade de personalização aumentem.

Palestar 1

A entrada da Volvo no mercado híbrido terá início em 2019 com a sua submarca Polestar e a produção em massa de seu primeiro carro.

O Polestar 1 é um cupê de fibra de carbono, com quase 600 cavalos de potência.

A produção está limitada às 500 unidades anuais.

Porsche 911

Lançado no final de 2018, o novo Porsche 911 chega ao mercado este ano. O carro estará disponível inicialmente nas configurações Carrera S e 4S, mas esperamos ver mais opções ao longo do ano e talvez uma variante do GT3.

Porsche Taycan 

O primeiro carro elétrico da Porsche chegará no final de 2019, com 600 cavalos de potência, tração nas quatro rodas.

Taycan promete atingir os 100km/h em menos de 3,5 segundos, uma velocidade máxima de mais de 250km e uma autonomia de cerca de 480km.

Tesla Model 3

Não é um carro novo em 2019, mas é um carro que finalmente chega à Europa, um carro com um design muito elegante, uma inteligência incrível, uma autonomia excelente e é o mais “barato” dos Tesla.

Volkswagen ID

O primeiro membro da família de carros totalmente elétricos da marca alemã chega em 2019.

A gama ID começará com um modelo de tracção às rodas traseiras com uma pequena bateria de 48kWh e uma autonomia de pouco mais de 300km.

Espera-se ainda dois outros modelos um com uma autonomia de 450km e com uma bateria de 55kWh e outro com uma bateria de 62kWh e com uma autonomia de 540km.

Anúncios