O CEO da Apple começou por referir os serviços da marca da maçã e pelas novidades do Apple News que ele começou. Agora o Apple News vai ter revistas, será o Apple News+. De acordo com a marca, o serviço vai arrancar com mais de 300 revistas. Inicialmente, o serviço só vai estar disponível nos Estados Unidos e Canadá. Mas vai chegar mais tarde à Europa a começar pelo Reino Unido. 

A empresa de Cupertino destacou imediatamente a capa e a interface, à primeira vista, parece mais simples de utilizar e um design perfeitamente adaptado aos iPhones e iPads.

O serviço funciona por subscrição e a Apple tem um grupo de editores a selecionarem o conteúdo que se adequa mais a cada utilizador. Os conteúdos serão recomendados com base num sistema inserido no dispositivo e nenhuma informação será passada para qualquer empresa. O serviço não se limita a revistas, incluindo conteúdos premium de jornais e sites web. O custo mensal do Apple News+ é de 9,99 dólares, cerca de €9 e fica disponível para todos os membros da família.

Anúncios